MAPA DO SITE ACESSIBILIDADE ALTO CONTRASTE

Departamento de Mecatrônica

DMCVG - Unidade Varginha

CEFET-MG

Livros Publicados

Última modificação: Segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

livro-pha

O uso da automação industrial na agricultura de precisão shopping

ISBN: 978-3-639-74159-9

Categoria: Engenharia mecânica, tecnologia de fabricação

A instalação de um sistema automatizado, constituído por um controlador lógico programável, sensores de pressão, umidade e posicionamento, inversor de frequência e o uso de redes industriais, para o controle da estação de bombeamento do pivô central, do Campus da UFLA, permitiu: (1) determinar, sob condições reais de funcionamento em campo, os valores ideais dos parâmetros de operação do conjunto motobomba nas diversas posições angulares assumidas pela lateral móvel do pivô (i – altura manométrica total variando entre 77,6 e 85,2 mca, ii – rotação da bomba variando entre 3.250 e 3.390 rpm, e iii – frequência de alimentação do motor elétrico de acionamento da bomba variando entre 57,03 e 54,66 Hz); (2) demonstrar através da proximidade observada entre os valores ideais de operação do conjunto motobomba determinados em campo e os previstos pelo processo teórico de cálculo, que o processo de cálculo proposto permite prever com precisão os valores ideais dos parâmetros de operação da bomba nas diversas posições angulares assumidas pela lateral móvel; e (3) constatar que as diferentes estratégias testadas de controle da frequência de alimentação do motor de acionamento da bomba são equivalentes, permitindo alcançar uma redução no consumo de energia de cerca de 19%, resultante da redução do valor da potência elétrica média consumida em um giro completo da lateral móvel de 13,2kW (sem inversor) para 10,8kW (com inversor).

 

livro-ldguia

Controle químico em material pétreo do patrimônio histórico shopping

ISBN: 978-3-841-70260-9

Categoria: Arquitetura

O presente trabalho tem como metas investigar o emprego de consolidantes químicos em material pétreo do patrimônio edificado e bens integrados sob ação de ácidos oriundos dos gases poluentes, através do estudo das rochas mais comuns empregadas em obras arquitetônicas assim como a descrição das reações químicas pertinentes. Propõe-se a examinar os poluentes atmosféricos, destacando os gases SO2, NO2 e CO2 e seus respectivos ácidos, se estes gases oriundos da queima de combustível fóssil atuam decisivamente no material pétreo e se e possível desacelerar e/ou impedir a degradação através do uso de consolidantes químicos com características determinadas por normas técnicas, por exemplo: qualidade da consolidação, profundidade de penetração, porosidade, compatibilidade de consolidante com rocha, aparência final e segurança durante a aplicação. Inicialmente estuda-se material pétreo classificando-o e caracterizando-o quanto sua ocorrência em obras patrimoniais, propriedades e composição química básica. Descreve-se os principais materiais pétreos utilizados em obras do patrimônio: arenito, calcário, dolomita, esteatito, gnaisse, granito e mármore travertino.